logo
18/01/2019 01:36 (62 dias atrás)
Marco Oliveira impede o tetra de Victor Teixeira e alcança tricampeonato do CCP High Roller.

O evento mais caro da primeira etapa do Circuito Cearense de Poker 2019 conheceu seu campeão na noite desta quinta (17). Ou melhor, seu tricampeão.


Com buy in de R$ 850, 60 mil fichas iniciais e blinds de 40 minutos, o torneio possuía R$ 30 mil em premiação garantida. Com um total de 74 entradas, o High Roller distribuiu mais de R$ 50 mil em prêmios.


A bolha do ITM estourou na quarta (16), durante o Dia 2. Kenedy Lima anunciou all in com A6 e foi pago por Allan Dyrstad, que segurava 99. O potiguar, de Mossoró, não encontrou seus outs e se despediu do torneio em 12º, na bolha do dinheiro. Pedro Rodrigues (11º - R$ 1.000), João Henrique Rabelo (10º - R$ 1.000) e Allan Dyrstad (9º - R$ 1.200) foram os jogadores eliminados antes da formação da FT.



Em pé: Marcio Cid, Bruno Aguiar, Odemilson Moura, Ewerton Barros;

Sentados: Marco Oliveira, Eduardo Holanda, João Delfino, Victor Teixeira.


Marcio Cid foi o primeiro eliminado na mesa final, seguido do atual Campeão Cearense de Poker, Odemilson Moura. João Delfino foi o sexto e após a eliminação de Eduardo Holanda, os 4 sobreviventes decidiram encerrar o Dia 2 e jogar a Final no dia seguinte.


Short stack na decisão, Ewerton Barros foi o primeiro eliminado. Quando Victor Teixeira eliminou Bruno Aguiar na terceira colocação, o tricampeão do High Roller chegou no heads-up com uma vantagem de 3/2 contra Marco Oliveira. 


O que se viu dai em diante foi um verdadeiro 7x1. Em all ins pré-flop, Marco Oliveira dobrou 7 vezes, contra apenas uma de Victor Teixeira. Na mão final, o A4 de Marco superou o J3 de Victor.


O campeão avaliou a disputa “Foi muito cansativa. Ainda bem que os 4 que ficaram ontem entraram em consenso. Se tivesse esticado ontem, o cansaço ia tomar conta, teria durado menos tempo. Os 4 não teriam jogado seu melhor”, disse.


Marco Oliveira foi humilde quando analisou o heads-up “O Victor jogou infinitamente melhor que eu, mas ganhei praticamente todos os all ins que fomos. Não teve muito o que fazer. Teve uma mão que ele tinha top pair, flush draw e eu duas pontas, levei a melhor. Ainda teve coin flip, 60/40... mas no jogo mesmo, ele jogou bem melhor”, revelou. Marco continuou falando sobre Victor “Ele é um dos melhores do Ceará, se não o melhor, enquanto eu jogo para brincar, sou recreativo, mas jogo para ganhar claro”.


Ao mesmo tempo que jogou a reta final do High Roller, Marco Oliveira alcançou a quarta colocação no PL Omaha, somando pontos importantes no ranking “Não dá para dizer que vou brigar pelo ranking agora. Tem muita etapa, não sei se terei outros compromissos em algumas delas. Se eu for fazendo os pontos e for dando para encaixar, vou buscar”, disse.


Com o título, Marco Oliveira alcançou o tricampeonato do High Roller e impediu o tetracampeonato de Victor. Ambos são os únicos jogadores com 3 títulos no torneio mais caro do Circuito Cearense de Poker.


Confira a premiação dos finalistas do High Roller:


1º Marco Oliveira - R$ 16.000


2º Victor Teixeira - R$ 10.500


3º Bruno Aguiar - R$ 7.600


4º Ewerton Barros - R$ 5.000


5º Luiz Eduardo Holanda - R$ 3.800


6º João Delfino - R$ 2.800


7º Odemilson Moura - R$ 2.000


8º Marcio Cid - R$ 1.500